Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''   

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Poema sobre a existência por Aido Bonsai

A imagem macabra dos esqueletos,pretende lembrar a transitoriedade da vida.    Aonde vais, caminhante, acelerado...  Pára...não prossigas mais avante, Negócio, não tem mais importante, Do que este, à tua vista apresentado, Recorda quantos desta vida tens passado, Reflete em que terás em semelhante, Que para medicar causa é bastante, Terem todos mais nisto parado, Pondera,que influído d´essa sorte, Entre negociações do mundo tantos, Tão pouco consideras na morte, Porém, se os olhos a que levantas, Pára...porque em negócio deste porte, quanto mais tu parares, mais adiantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido (a) leitor, seu comentário é muito importante. Este espaço é seu. Lembre-se: Liberdade de expressão não é ofender. Vamos trocar ideias, as vezes podemos não concordar, é natural; afinal tudo depende da visão de cada um; mas respeitar é fundamental, isso é uma atitude inteligente. O que vale mesmo é a troca de informação e com educação. Por favor: Leia antes de fazer seu comentário, os comentários do blog são moderados, só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo, comentários anônimos não serão publicados, não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, os comentários não refletem a opinião do autor. Espero que goste do blog, opine, comente, se expresse! Vale lembrar que a falta de educação não é aceito.