..

..

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Sexo, drogas e Rolling Stones _ Historias da banda que se recusa a morrer _ parte 28

Em 1969, atendendo a um pedido de Mick Jagger, John Mayall recomendou Mick Taylor para os Rolling Stones.     O guitarrista preencheria o espaço antes ocupado por Brian Jones, que havia sido pressionado pelos companheiros a deixar o grupo.     Assim que recebeu o telefonema de Jagger, Taylor se juntou aos Stones no estudio, e acabou participando das gravações "" Country Honk "" e "" Live With Me "", musicas que apareceriam no album ( lembrando que estou sem o acento agudo ) Let It Bleed.    Quando a sessão de gravação chegou ao fim, Mick e Keith se despediram dele com um "" ate amanhã ".     Ali Mick se deu conta de que ja era o novo guitarrista dos Rolling Stones.     A estreia de Taylor aconteceu em 5 de julho de 1969, no megaconcerto ao ar livre, no Hyde Park, em Londres, onde os Stones homenagearam Brian Jones, encontrado morto dois dias antes na piscina de sua casa.     Depois, percorreu os Estados Unidos com os Stones em turnê arquetipica, recheada de sexo, drogas e rock and roll, que culminou com o desastroso concerto de Altamont, em 6 de dezembro de 1969.

Nenhum comentário:

Postar um comentário