x

x

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

sábado, 22 de julho de 2017

O Livro de Ouro das Ciências Ocultas - A Deusa Razão e o Ocultismo - As Ciências Ocultas nos Séculos 19 e XX. Parte 41

Com C.G. Jung foi diferente, inicialmente Freud via nele seu sucessor e PRÍNCIPE HERDEIRO DO MOVIMENTO PSICANALÍTICO.   Porém ambos acabaram de separando em 1912, devido a INCONCILIÁVEIS DIVERGÊNCIAS CIENTÍFICAS.  Quanto a Jung, Freud passou a a atacá-lo e a escarnecer dele, TAXANDO-O DE MÍSTICO.   JUNG ENTÃO PUBLICOU, SUA PRIMEIRA VERSÃO DA OBRA TRANSFORMAÇÕES E SÍMBOLOS DA LIBIDO, posteriormente ampliada e republicada em 1924, com ampla documentação científica.   Nesta obra, Jung já esboça sua teoria dos arquétipos e descreve o inconsciente coletivo por ele redescoberto.   A teoria psicanalítica de Freud e a Psicologia Analítica criada por Jung apresentam sensíveis diferenças quanto às bases e às consequências.   A fim de dirimir dúvidas sobre as divergências científicas e as diferenças entre estas duas disciplinas ligadas à psicologia profunda, seja dito de antemão QUE NÃO SE PODE NEGAR UMA CERTA GENIALIDADE EM FREUD.   Com a técnica da psicanálise - depois de ter usado PRIMEIRO O MÉTODO DA SUGESTÃO HIPNÓTICA - ele foi o PRIMEIRO A ENCONTRAR uma maneira prática de ILUMINAR AS TREVAS DO INCONSCIENTE DOS SEUS PACIENTES  e fazer com que o CONSCIENTE IDENTIFICASSE  e COMPREENDESSE DETERMINADOS INSTINTOS POR ASSIM DIZER MAL CONTROLADOS.   Também se deve a Freud a descoberta de que a linguagem do inconsciente é uma LINGUAGEM PICTÓRICA e que OS SONHOS SÓ PODEM SER CORRETAMENTE INTERPRETADOS QUANDO OS SÍMBOLOS POR TRÁS DAS IMAGENS ONÍRICAS SÃO IDENTIFICADOS  E DECIFRADOS.   PORÉM SEU FATAL ENGANO É QUE ELE - FASCINADO PELOS CONTEÚDOS SEXUAIS EMPURRADOS PARA O INCONSCIENTE - VIA POR TRÁS DE TODO E QUALQUER FATO UM SIMBOLISMO SEXUAL.   DESTA FORMA ELE ACABOU FICANDO, POR ASSIM DIZER, ATOLADO NA CAMADA SUPERFICIAL DO INCONSCIENTE , SEM CONSEGUIR CAVAR MAIS FUNDO.   Para perplexidade dos seus pacientes, e muitas vezes a despeito de violenta oposição deles, ele interpretava toda imagem onírica COMO UM SÍMBOLO SEXUAL CODIFICADO, o que seria possível, mas não necessariamente, e em regra só adquirida maior PREDOMINÂNCIA NA ÉPOCA DA PUBERDADE E DA ADOLESCÊNCIA, ou, no máximo, até meados da idade adulta.  A técnica desenvolvida por Freud foi a DA LIVRE ASSOCIAÇÃO.   O PACIENTE SE DEITA NUM DIVÃ, E RELAXA.  Depois começa a contar espontaneamente tudo que lhe ocorre, quer seja absurdo ou não.   O PSICOTERAPEUTA FICA À CABECEIRA DO DIVÃ, INVISÍVEL PARA O PACIENTE, anotando o que houve.   Depois estas declarações são discutidas.   ESTA TÉCNICA É IDÊNTICA À USADA NOS ESTADOS UNIDOS NO INÍCIO DA DÉCADA DE 1950, para o chamado Brain-storming.   SÓ QUE SE TRATA DE UM MÉTODO DO TIPO " TIRO DE CHUMBINHO ".   QUANTO MAIOR FOR O NÚMERO DE IDEIAS ESPONTÂNEAS, TANTO MAIOR SERÁ A PROBABILIDADE DE QUE UMA DELAS SEJA A PISTA QUENTE QUE REVELA ALGUMA RELAÇÃO INCONSCIENTE.  MAS ASSIM A PSICANÁLISE PODE DURAR ANOS.   C.G. Jung COMEÇOU A PESQUISA DO INCONSCIENTE  por meio de experiências com CIÊNCIAS NATURAIS NO LABORATÓRIO.   Em 1900, ele se tornou assistente na famosa instituição psiquiátrica de Burgholzli, em Zurique, sob a orientação de Bleuler.   Quatro anos após, ele INSTALOU UM LABORATÓRIO PSICOLÓGICO.   Lá iniciou as chamadas EXPERIÊNCIAS DE ASSOCIAÇÃO, junto com seus colegas Franz Ricklin e Ludwig Binswanger.   A SÉRIE DE EXPERIÊNCIAS ENVOLVEU MILHARES DE PACIENTES  e estendeu-se por vários anos, representando UM TESTE CIENTÍFICO EM GRANDE ESCALA.   A EXPERIÊNCIA SE PROCESSAVA DO SEGUINTE MODO: POR EXEMPLO: MATO - CAMPO OU ÁRVORE; PAI - MÃE OU FILHO; ANEL - LIGAÇÃO, CASAMENTO OU PRISÃO, o candidato era testado cem palavras com conteúdo simbólico tiradas de uma lista padrão e o paciente devia contrapor a cada palavra  outra que lhe ocorria espontaneamente.   Era medido com cronômetro, com precisão de décimos de segundos.   Assim JUNG DESCOBRIU O QUE DENOMINOU COMPLEXOS INCONSCIENTES.   Jung teve a genial ideia de fazer O PACIENTE SEGURAR NA MÃO ELETRODOS PROVIDOS DE MINIBOLSAS, CONTENDO PRODUTOS QUÍMICOS - de composição semelhante aos de uma pilha seca - e CONECTAR OS ELETRODOS NUM GALVANÔMETRO, colocados por trás do paciente.   Jung DESCOBRIRA OS COMPLEXOS EXISTENTES NO INCONSCIENTE sob a forma de AGLOMERAÇÕES DE ENERGIA PSÍQUICA EM TORNO DE DETERMINADO CONTEÚDO MENTAL, ou por assim dizer, em torno de pensamentos inconscientes.   Jung provou cientificamente a EXISTÊNCIA DA ENERGIA PSÍQUICA.   jUNG CONCLUIU QUE A ALMA DEVE SER UMA REALIDADE, POIS SUA ATUAÇÃO PODE SER CONSTATADA EM EXPERIÊNCIAS CIENTÍFICAS PRECISAS, QUE PODEM SER REPETIDAS A QUALQUER MOMENTO.   EM RESUMO JUNG COMPROVARA A REALIDADE DA ALMA.   OS ESTADOS UNIDOS DESENVOLVERAM POSTERIORMENTE, COM BASE NAS EXPERIÊNCIAS DE JUNG, O DETECTOR DE MENTIRAS.  Também o ELETROENCEFALÓGRAFO - aparelho que mede ondas cerebrais - inventado em 1928 pelo neurologista de Jena.   Jung executou todos estes trabalhos antes de conhecer pessoalmente Freud.   Freud conferiu status de DOGMA à sua teoria do PRAZER SEXUAL, JUNG DECIDIU SEPARAR-SE DELE.   Para deixar mais clara a maneira diferenciada de pensar entre Freud e Jung: Nada pode resistir indefinidamente à razão e à experiência , e a contradição da religião com ambas é mais do que óbvia...   Nosso deus " LOGOS " concretizará estes desejos  até onde a natureza permitir, diz Freud, em O FUTURO DE UMA ILUSÃO.   PARA ELE A RELIGIÃO É UM INFANTILISMO, UMA ESPÉCIE DE NEUROSE IMPOSTA, QUE EXISTE PARA SER SUPERADA.    "CIÊNCIA ALGUMA SERÁ CAPAZ DE SUBSTITUIR O MITO, POIS NÃO É DEUS QUE É UM MITO; O MITO É QUE É A REVELAÇÃO DE UMA VIDA DIVINA NO HOMEM.   NÃO SOMOS NÓS QUE O IMAGINAMOS, É ELE QUE NOS FALA COMO UMA PALAVRA DE DEUS " , diz Jung em sua AUTOBIOGRAFIA.   Portanto, para ele a NEUROSE É UM ARRANJO DO INCONSCIENTE, ULTERIORMENTE COM O OBJETIVO DE LEVAR O HOMEM A PROCURAR E A ACHAR O SENTIDO DA VIDA.   E ISTO ESTÁ SEMPRE RELACIONADO COM A BUSCA DE UM SENTIDO RELIGIOSO.   AS DUAS CITAÇÕES MOSTRAM QUE NÃO PODE HAVER CONCILIAÇÃO ENTRE MODOS TÃO DIVERSOS DE ENCARAR O MUNDO.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário