Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''   

terça-feira, 19 de julho de 2016

Sexo, drogas e Rolling Stones _ Histórias da banda que se recusa a morrer. Parte 30

Fingerprint file: Ronald David Wood _ Primeiro de junho de 1947.    Músico de cabelo espetado, alma quase gêmea de Keith, Ron Wood começou a tocar guitarra com os Rolling Stones em 1975.    Hoje, soma muito mais tempo ao lado de Mick, Keith e charlie do que Brian Jones e Mick Taylor juntos.   Ainda assim, até hoje é considerado o " novato " da banda, o irmão caçula e arteiro.   O lar dos Wood, em Hillingdon, um bairro predominante rural distante pouco mais de 20 quilômetros de Londres, era um ambiente festivo e rodeado de músicos.   A mãe, Mercy, vivia cantarolando e o pai, Arthur, tinha uma banda.   Ted e Art, os irmãos mais velhos, também engrossavam o caldo musical familiar.   O primeiro tocava numa banda de jazz tradicional, enquanto Art se envolvia com o rhythm and blues.   O pequeno Ron adorava aquilo tudo, mas começou a expressar seu talento com lápis e folhas de papel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido (a) leitor, seu comentário é muito importante. Este espaço é seu. Lembre-se: Liberdade de expressão não é ofender. Vamos trocar ideias, as vezes podemos não concordar, é natural; afinal tudo depende da visão de cada um; mas respeitar é fundamental, isso é uma atitude inteligente. O que vale mesmo é a troca de informação e com educação. Por favor: Leia antes de fazer seu comentário, os comentários do blog são moderados, só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo, comentários anônimos não serão publicados, não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, os comentários não refletem a opinião do autor. Espero que goste do blog, opine, comente, se expresse! Vale lembrar que a falta de educação não é aceito.