x

x

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

terça-feira, 19 de julho de 2016

Sexo, drogas e Rolling Stones _ Histórias da banda que se recusa a morrer. Parte 32

Em 1964, Wood formou com amigos da região a banda The Thunderbirds _ mais tarde rebatizada apenas de The Birds, por causa de uma banda homônima _ e caiu na estrada, rodando a Inglaterra de um lado para o outro, travando amizade com companheiros de jornada como The Who, The Yardbirds, e uma infinidade de outros que agitavam o cenário roqueiro inglês de meados dos anos 60.   A banda, contudo, não foi muito longe, e se desfez em 1966, depois de gravar alguns compactos e aparecer no filme de terror The Deadly Bees ( As abelhas mortais ), lançado no ano seguinte.   Para Ron, a essa altura uma figura já conhecida no meio musical britânico, o fim dos Birds representou o início de uma nova etapa.   Ele tornou-se baixista do Jeff Beck Group, que também incluía Rod Stewart, e seguiu com eles para os Estados unidos, onde passou longos períodos em turnê.   O grupo gravou dois discos seminais, antes que o desgaste e as ambições individuais provocassem sua dissolução.   Depois disso, Ron e Rod se juntaram a Ronnie Lane, Ian McLagan e Kenney Jones, remanescentes do Small Faces, encurtaram o nome do grupo para The Faces, e fizeram história como uma das bandas mais ativas e estimadas da Inglaterra até o desmantelamento do grupo, em 1976, provocado, em parte, pela saída de Wood.

Nenhum comentário:

Postar um comentário