Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''   

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

A Contestação Juvenil - Parte 3

A rebelião em marcha: A escola é aquele lugar onde tenho que me beliscar continuamente para não adormecer.    Porém eu e meus companheiros falamos sempre de cinco coisas: a " Bomba ", o " Vietnã ", Os direitos dos negros, A marijuana e nossa Vida sexual, opinava uma rapariga de 17 anos, estudante da cidade norte-americana de Berkeley em meados dos anos 60.    As causas da rebelião juvenil não devem procurar-se apenas no mundo que rodeia os jovens, mas também neles mesmos.    Após a Revolução Francesa, no início do século 19, fundaram-se numerosos clubes de jovens universitários, politicamente republicanos e revolucionários, embora continuassem a constituir uma minoria.    Contudo, no fim deste século, eram já muitos os jovens integrados no sistema educativo e em organizações recreativas e culturais.   Funda-se então na Alemanha o grupo dos Wandervógel ou " Aves Nômades " ( 1896 ), antecipação germânica, de caráter vitalista, dos Boy-Scouts, organização para-militar britânica, fundada posteriormente (1902-1903) por R.S.S Baden Powell ( 1857-1941) com o objetivo de reunir a juventude e lhe dar um sentido à vida, bem como ocupações nas horas e dias de ócio.   Só as classes médias e, em parte, a classe alta, participavam em tais movimentos; os jovens operários e camponeses encontravam-se demasiado ocupados pela sobrevivência e muito agarrados à tradição para se ligarem a eles.   Não obstante, no século XX, também os filhos das classes populares entram para as escolas e se interessam pela cultura  e pelos desportos.     Os partidos políticos criam seções juvenis .    Na Russia, após a revolução de 1917, a juventude começou a agrupar-se nos Konsomoles.     Na Alemanha e na Itália, com o fascismo no poder, os dirigentes políticos respectivos organizaram seções juvenis dedicadas às tarefas do partido e outro tanto fizeram os partidos socialistas e comunistas de todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido (a) leitor, seu comentário é muito importante. Este espaço é seu. Lembre-se: Liberdade de expressão não é ofender. Vamos trocar ideias, as vezes podemos não concordar, é natural; afinal tudo depende da visão de cada um; mas respeitar é fundamental, isso é uma atitude inteligente. O que vale mesmo é a troca de informação e com educação. Por favor: Leia antes de fazer seu comentário, os comentários do blog são moderados, só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo, comentários anônimos não serão publicados, não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, os comentários não refletem a opinião do autor. Espero que goste do blog, opine, comente, se expresse! Vale lembrar que a falta de educação não é aceito.