Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''   

sábado, 27 de maio de 2017

Carvão por Elmar Fonsêca - Parte 7





Embora a conotação popular do uso do carvão  seja quanto a produção de energia e sua aplicação siderúrgica, seu universo de aplicações no Brasil e no mundo é extenso.   Gasolina, querosene e diesel podem ser extraídos do carvão mineral.   Durante a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha chegou a produzir 4 milhões de toneladas de óleo combustível e gasolina para aviação com 18 usinas.   Tais usinas procediam a liquefação do carvão por hidrogenação a alta temperatura, num processo pesquisado em 1930.    O fim da guerra e a nova política de preços para o petróleo adormeceram esta tecnologia.   Mas em 1950 a South Africa Coal Oil-Sasol operou uma usina de gaseificação de carvão e liquefação e inaugurou-se um novo uso de carvão.   Assim, à medida que o preço do petróleo for subindo, os processos de liquefação (Fischer e Tropsch) e gaseificação (processo Lurgi e processo Koppers-Totzek) tornar-se-ão mais atraentes economicamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido (a) leitor, seu comentário é muito importante. Este espaço é seu. Lembre-se: Liberdade de expressão não é ofender. Vamos trocar ideias, as vezes podemos não concordar, é natural; afinal tudo depende da visão de cada um; mas respeitar é fundamental, isso é uma atitude inteligente. O que vale mesmo é a troca de informação e com educação. Por favor: Leia antes de fazer seu comentário, os comentários do blog são moderados, só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo, comentários anônimos não serão publicados, não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, os comentários não refletem a opinião do autor. Espero que goste do blog, opine, comente, se expresse! Vale lembrar que a falta de educação não é aceito.