..

..

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

domingo, 2 de abril de 2017

Carvão por Elmar Fonsêca - Parte 1

As origens do carvão: A partir  do século XV111, a exploração do carvão começou a ter grande destaque entre as atividades do homem.   O carvão mineral é um produto resultante da transformação de uma vegetação primitiva (pteridófitas).   Assim a Enciclopédia Internacional Grolier descreve as origens do carvão: " A crosta da Terra, convulsionada por furacões, vendavais, maremotos e terremotos, veio desde então sofrendo lentos e violentos cisalhamentos.   Através dessas épocas geológicas, árvores gigantescas e toda a sorte de vegetação cresceram, formando grandes e espessas florestas, favorecidas pela atmosfera, muito rica em COdois, permitindo a intensificação da função clorofiliana e o crescimento dos vegetais de forma de forma extraordinária em um clima particularmente quente e úmido.   Face aos fenômenos naturais existentes na época, essas florestas foram afundadas ou soterradas.   Enormes selvas carboníferas foram maceradas em contato com a água abundante da floresta pantanosa, comprimidas sob enorme pressão e fermentadas sob a ação de bactérias.   Dessa forma vê-se que o carvão mineral resulta da alteração de um ambiente vegetal.   Ele é a parte celulósica da vegetação transformada pelo tempo, pressão, bactérias e outros agentes, em uma massa carbonosa.   É fácil imaginar as centenas de variações de " carvões" que foram desenvolvidas com as sucessivas formações de florestas.   A matéria vegetal pode ter sido transportada e acumulada em um fundo de lagos ou pântanos e assim bacias carboníferas foram encontradas.   Também a fermentação bacteriana encontrou condições ideais de desenvolvimento nessas florestas soterradas a pouca profundidade, originando a formação das minas de carvão a céu aberto, na flor da terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário