..

..

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

'' ENTERRADA VIVA '' _ JANIS JOPLIN _ PARTE 19

A NOVA JERUSALÉM _ ... PARA NÃO ASSUSTAR OS PAIS _ ELES NADA SABIAM SOBRE A METADRINA _ JANIS INVENTOU HISTÓRIAS SOBRE A MANEIRA COMO VIVIA.     JANICE KNOLL SÓ SE RECORDA DO ASPECTO MENTAL DAS VIAGENS: A NOSSA VIDA ERA ASSIM... A GENTE USAVA DROGAS PARA ALCANÇAR A VERDADE.     BOB CLARK VISITOU JANIS VÁRIAS VEZES ESSE ANO, E, ELA LHE DISSE QUE ESTAVA TOMANDO METADRINA INJETADA.     BOB _ CONFESSOU-LHE _ A GENTE APRENDE MUITA COISA COM A DROGA, MAS NADA QUE NÃO SE POSSA APRENDER COM O TEMPO.     NÃO VALE A PENA, POR QUE MACHUCA MUITO O CORPO...    NÃO DEIXE NINGUÉM SE APROXIMAR COM UMA AGULHA!    ... JANIS DIZIA QUE ERA UMA BELEZA, A GERAÇÃO DA FLOR, HAVIA UM GRUPO DE PESSOAS QUE ERAM FELIZES, LIGADAS!    EM ZEN!     PROFUNDAMENTE ESPIRITUAL...   ELLEN HARMON FOI DIRETA AO ÂMAGO: '' NINGUÉM ESTAVA INTERESSADO EM BUSCA ESPIRITUAL, NAQUELES TEMPOS... TODO MUNDO QUERIA ERA SAIR DE JUNTO DA MÃE E DO PAI PRA PODER FAZER O QUE QUISER, QUE NA MAIOR PARTE DOS CASOS, ERA SÓ FICAR DEITADO, VIAJANDO!     O QUE ACONTECEU DEPOIS É QUE TODO MUNDO SE AMARROU NO ÁCIDO,  A COISA FICOU SÉRIA.    NO VERÃO DE 1965, JANIS REGRESSOU A PORT ARTHUR, SUFICIENTEMENTE RECUPERADA PARA QUE OS PAIS NÃO DESCONFIASSEM DA VERDADEIRA RAZÃO DA SUA PRESENÇA.      OSTENSIVAMENTE, ELA VOLTAVA PARA CASA A FIM DE SE PREPARAR PARA CASAR, O QUE ERA VERDADE, EMBORA O PRINCIPAL MOTIVO FOSSE A SUA NECESSIDADE DE VIVER NUM AMBIENTE ONDE PUDESSE PARAR DEFINITIVAMENTE DE TOMAR METADRINA.     MATRICULOU-SE IMEDIATAMENTE NO CURSO DE SOCIOLOGIA DA LAMAR.     USAVA VESTIDOS SÓBRIOS E PRÁTICOS, DO TIPO CHEMISIER E DE MANGAS COMPRIDAS.       COM AS PICADAS NOS BRAÇOS COBERTAS, JANIS INICIOU UM PERÍODO DE DEZ MESES DE DESEJADO CONFORMISMO, QUE ATÉ SUPLANTAVA, SEGUNDO AFIRMAM SEUS AMIGOS, OS PADRÕES DA CIDADE.       BERNARD GIARRITANO, O ASSISTENTE SOCIAL PSIQUIÁTRICO QUE JANIS CONSULTOU DURANTE ESSE PERÍODO, PROCUROU LEVÁ-LA A COMPREENDER QUE A VIDA NÃO PRECISA SER ASSIM _ MAS ELA NÃO CONSEGUIA VÊ-LA DE OUTRO MODO.      A EXPLICAÇÃO PARA O CONFORMISMO DE JANIS ERA O SEU DESEJO DE FICAR LONGE DAS DROGAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário