..

..

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

''SEXO, DROGAS E ROLLING STONES'', HISTÓRIAS DA BANDA QUE SE RECUSA A MORRER. PARTE 3

TEMPO.      DESDE BEM ANTES DE EINSTEIN, TENTATIVAS DE DEFINIÇÃO DO TEMPO TIVERAM DE LANÇAR MÃO DA IDEIA DE MOVIMENTO.     PENSA-SE EM PLATÃO, PARA QUEM ELE ERA '' UMA IMAGEM MÓVEL DA ETERNIDADE ''.      OU EM ARISTÓTELES, PARA QUEM ERA '' NÚMERO DO MOVIMENTO SEGUNDO O ANTERIOR E O POSTERIOR. ''      OU, AINDA, EM PLOTINO, SEGUNDO O QUAL O TEMPO ERA '' A VIDA DA ALMA EM MOVIMENTO CONFORME ELA PASSA DE UM ESTÁGIO DO ATO OU DA EXPERIÊNCIA AO OUTRO. ''       OS STONES SÃO SOBRE TEMPO, MAS TAMBÉM SOBRE MOVIMENTO.      EXTENSÃO, MAIS QUE DURAÇÃO.      ELES SE APROXIMAM DO MEIO SÉCULO DE CARREIRA PORQUE HONRAM O NOME INSPIRADO - DE MODO CIRCUNSTANCIAL MAS CONVICTO, COMO RELEMBRAM O JORNALISTA JOSÉ EMÍLIO RONDEAU E O PESQUISADOR NELIO RODRIGUES, QUE TAMBÉM GARIMPARAM AS DUAS DECLARAÇÕES LÁ EM CIMA _ NUM BLUES DE MUDDY WATERS.     NUNCA TIRARAM O PE DA ESTRADA.     NUNCA CRIARAM LIMO.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário