Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''   

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

'' SEXO, DROGAS E ROLLING STONES '' _ HISTÓRIAS DA BANDA QUE SE RECUSA A MORRER. PARTE 10

NA SEGUNDA METADE DOS ANOS 60, COM OS STONES CONSAGRADOS COMO UMA DAS PRINCIPAIS FORÇAS DO POP-ROCK MUNDIAL, MICK JÁ ERA UMA DAS MAIS CÉLEBRES FIGURAS DA CONTRACULTURA QUE, NAQUELE MOMENTO, SUBVERTIA OS COSTUMES, A MODA, A MÚSICA E AS ARTES EM GERAL.     SUA PRISÃO EM 1967, JUNTO COM KEITH RICHARDS, SOB A ACUSAÇÃO DE USO E PORTE DE DROGAS, TORNOU-SE UM ESCÂNDALO ESCANCARADO NAS MANCHETES DE JORNAIS E REVISTAS MUNDO A FORA _ E INICIOU UMA LONGA SÉRIE DE EMBATES COM A LEI QUE SÓ AJUDARIAM A REFORÇAR A IMAGEM DE REBELDES FORA DA LEI QUE SEMPRE ACOMPANHOU OS STONES.      O CASO TAMBÉM ENVOLVIA A CANTORA MARIANNE FAITHFULL, COM QUEM MICK FORMAVA, ENTÃO, O CASAL SÍMBOLO DA EFERVESCENTE SWINGING LONDON, NA ÉPOCA O EPICENTRO DA MODA E DO POP-ROCK INTERNACIONAL.      COM A CARTA BRANCA ARTÍSTICA QUE A FAMA DE POPSTAR LHE ASSEGURAVA, JAGGER TAMBÉM PASSOU PELO CINEMA, COMO ESTRELA PRINCIPAL DE FILMES COMO PERFORMANCE (1968), DE NICOLAS ROEG, E O BANGUE-BANGUE AUSTRALIANO NED KELLY (1970).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido (a) leitor, seu comentário é muito importante. Este espaço é seu. Lembre-se: Liberdade de expressão não é ofender. Vamos trocar ideias, as vezes podemos não concordar, é natural; afinal tudo depende da visão de cada um; mas respeitar é fundamental, isso é uma atitude inteligente. O que vale mesmo é a troca de informação e com educação. Por favor: Leia antes de fazer seu comentário, os comentários do blog são moderados, só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo, comentários anônimos não serão publicados, não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, os comentários não refletem a opinião do autor. Espero que goste do blog, opine, comente, se expresse! Vale lembrar que a falta de educação não é aceito.