Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''   

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

'' SEXO, DROGAS E ROLLING STONES '' _ HISTÓRIAS DA BANDA QUE SE RECUSA A MORRER. PARTE18

PARA JONES, TOCAR COM ALEXIS KORNER, ERA APENAS O COMEÇO DA REALIZAÇÃO DE UM SONHO QUE SÓ SE CONCRETIZARIA EM MEADOS DE 1962.      ENTRE MAIO E JUNHO DAQUELE ANO BRIAN FUNDOU E BATIZOU UMA BANDA DE RHYTHM AND BLUES, CUJA LIDERANÇA SE ENCARREGOU DE ASSUMIR.      A BANDA QUE SE TORNARIA A GRANDE RIVAL DOS BEATLES NOS ANOS 60, E CUJO NOME, THE ROLLIN'STONES, LOGO TERIA O APÓSTROFO TROCADO PELA LETRA G.      DEMORARIA ALGUNS MESES, ATÉ A BANDA CHEGAR A SUA FORMAÇÃO CLÁSSICA, COM BRIAN JONES E KEITH RICHARDS NAS GUITARRAS, MICK JAGGER NO VOCAL, BILL WYMAN NO BAIXO E CHARLIE WATTS NA BATERIA.      O PIANISTA IAN STEWART PERMANECERIA COMO O SEXTO STONE SOMENTE ATÉ O EMPRESÁRIO ANDREW LOOG OLDHAM EMPURRÁ-LO PARA OS BASTIDORES.      ANDREW CONSIDERAVA IAN FEIO, GORDUCHO, E, ALÉM DISSO, ACHAVA EXCESSIVO JUNTAR SEIS ROSTOS NUMA FOTO DE DIVULGAÇÃO.      APESAR DA ESTAMPA CARISMÁTICA E DE SEU ENORME TALENTO, COM O TEMPO BRIAN FOI PERDENDO ESPAÇO NOS STONES PARA A DUPLA JAGGER E RICHARDS, AUTORES DOS GRANDES HITS DA BANDA, E, EVENTUALMENTE, COMANDANTES DE SEUS RUMOS MUSICAIS.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido (a) leitor, seu comentário é muito importante. Este espaço é seu. Lembre-se: Liberdade de expressão não é ofender. Vamos trocar ideias, as vezes podemos não concordar, é natural; afinal tudo depende da visão de cada um; mas respeitar é fundamental, isso é uma atitude inteligente. O que vale mesmo é a troca de informação e com educação. Por favor: Leia antes de fazer seu comentário, os comentários do blog são moderados, só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo, comentários anônimos não serão publicados, não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, os comentários não refletem a opinião do autor. Espero que goste do blog, opine, comente, se expresse! Vale lembrar que a falta de educação não é aceito.