x

x

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

'' SEXO, DROGAS E ROLLING STONES '', HISTÓRIAS DA BANDA QUE SE RECUSA A MORRER. PARTE 2

OS ROLLING STONES SÃO UMA ESPÉCIE DE TÁXI DO ROCK AND ROLL.      TODO MUNDO QUE ENTRA SEM ASSUNTO ACABA FALANDO DO TEMPO.     ATÉ O LENDÁRIO CRÍTICO AMERICANO LESTER BANGS ESCREVEU EM 1973, QUANDO A BANDA  AINDA ERA UMA CRIANÇA DE 11 ANOS:  '' OS STONES DURANDO 20, 30 ANOS _ QUE IDEIA ESTÚPIDA SERIA.    NINGUÉM DURA TANTO TEMPO. ''       BANGS NÃO DUROU MUITO MESMO.     ELE MORREU DE SUPERDOSE ACIDENTAL DE MEDICAMENTOS AOS 33 ANOS, EM 1982.      POUCO DEPOIS, UM DOS PRÓPRIOS STONES PARECIA ASSOMBRADO PELO TEMPO.     EM 1985, O GUITARRISTA KEITH RICHARDS FEZ UMA PERGUNTA RETÓRICA AO JORNALISTA INGLÊS NICK KENT: '' FAZ SENTIDO SER UMA BANDA DE ROCK AND ROLL DEPOIS DE 20 ANOS? ''     GRAÇAS À POSTERIDADE, NÓS HOJE SABEMOS ATÉ MAIS, SABEMOS QUE FAZ SENTIDO SER UMA BANDA DE ROCK AND ROLL DEPOIS DE 46 ANOS.      AO MENOS, SE ELA FOR A MAIOR BANDA DE ROCK AND ROLL DE TODOS OS TEMPOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário