..

..

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

'' SEXO, DROGAS E ROLLING STONES '' _ HISTÓRIAS DA BANDA QUE SE RECUSA A MORRER. PARTE 15

ABSOLUTAMENTE FIEL AOS ROLLING STONES, KEITH NÃO COGITAVA UMA CARREIRA SOLO, RAZÃO PELA QUAL SE SENTIU DUPLAMENTE TRAÍDO QUANDO MICK JAGGER SE RECUSOU A IR PARA A ESTRADA COM OS STONES E PROMOVER O DISCO DIRTY WORK, DE 1986.      NAQUELE MOMENTO, SEM AVISO PRÉVIO, JAGGER PREFERIA INVESTIR NUM SEGUNDO ÁLBUM SOLO, EM DETRIMENTO DOS ROLLING STONES.      KEITH NÃO SÓ O ATACOU FURIOSAMENTE ATRAVÉS DA IMPRENSA, COMO MONTOU UMA OUTRA BANDA ( A X-PENSIVE WINOS ), LANÇOU UM DISCO ( O ELOGIADÍSSIMO TALK IS CHEAP, DE 1988 ) E FOI FAZER O QUE GOSTARIA DE TER FEITO COM OS STONES DOIS ANOS ANTES: CAIU NA ESTRADA.      EM 1989, VEIO A RECONCILIAÇÃO: OS STONES RETOMARAM O FIO DA MEADA _ E A ESTRADA, DE ONDE QUASE NUNCA MAIS SAÍRAM.      UMA PIADA ANTIGA CONTA QUE, NO CASO DE UM APOCALIPSE NUCLEAR, SOBRARIAM APENAS AS BARATAS _ E KEITH RICHARDS.      A BRINCADEIRA É UM COMENTÁRIO SOBRE A RESISTÊNCIA QUASE SOBRENATURAL DO STONE.       NO INÍCIO  DOS ANOS 70, A IMPRENSA INGLESA DE MÚSICA LISTOU OS 10 ASTROS DE ROCK MAIS PRÓXIMOS DE BATER AS BOTAS, E KEITH ENCABEÇAVA O RANKING.       DESDE ENTÃO, SOBREVIVEU A SI PRÓPRIO _ ELE MESMO CONTA QUE USOU SEU CORPO COMO LABORATÓRIO _ E ATÉ A UMA CIRURGIA CEREBRAL, CONSEQUÊNCIA DE UM TOMBO DE UM COQUEIRO EM FIJI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário