x

x

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

domingo, 18 de outubro de 2015

'' BOB MARLEY ESTÁ VIVO '' _ PARTE 3

EMBORA ENTRELAÇADAS, A MÚSICA PRECEDEU A MENSAGEM RELIGIOSA. BOB MARLEY INICIOU SUA CARREIRA COM O SKA. POUCOS ANOS DEPOIS, ESTE DAVA LUGAR AO REGGAE, COM SUA CADÊNCIA FAVORÁVEL À ÊNFASE NAS LETRAS, AO COMENTÁRIO SOCIAL. TANTO O SKA COMO O REGGAE FAZIAM PARTE DE UM LONGO DIÁLOGO DA MÚSICA CARIBENHA COM O RHYTHM'N'BLUES DOS NEGROS AMERICANOS. BOB MARLEY FARIA UMA MÚSICA NEGRA NAS SUAS RAÍZES. E CANTARIA A LIBERTAÇÃO DA DIÁSPORA NEGRA, ESMAGADA NA BABILÔNIA BRANCA, COM SEUS PECADOS, SEU MATERIALISMO E DECADÊNCIA. PARA QUEM TIVESSE VIVIDO A DÉCADA DOS 60, ISSO NÃO ERA ABSOLUTAMENTE NOVO. A EXPRESSÃO BABILÔNIA ERA COMUM ENTRE OS PANTERAS NEGRAS, REVOLUCIONÁRIOS NEGROS AMERICANOS QUE FIZERAM ALGUMAS ESCARAMUÇAS ARMADAS E FORAM ESMAGADOS. USAVAM O NOME DO IMPÉRIO ANTIGO QUE ESCRAVIZOU OS HEBREUS COMO ANALOGIA PARA A TERRA DOS BRANCOS, QUE IGUALMENTE ESCRAVIZAVA OS NEGROS _ E, POR EXTENSÃO, HISPÂNICOS, ÁRABES, POBRES, TODOS QUE NÃO FIZESSEM PARTE DA ''ELITE IMPERIAL''. NO DIÁLOGO COM O EMBAIXADOR AMERICANO BURKE ELBRICK ( N.R.: SEQUESTRADO POR GABEIRA E OUTROS INSURGENTES PARA OBRIGAR A DITADURA MILITAR BRASILEIRA A LIBERTAR PRESOS POLÍTICOS), EM 1969, COMENTEI A EXISTÊNCIA DOS PANTERAS NEGRAS. O TÍTULO DO RELATO DO SEQUESTRO DE ELBRICK, EM MEU LIVRO ( FERNANDO GABEIRA ) '' O QUE É ISSO, COMPANHEIRO?,É ''BABILÔNIA, BABILÔNIA''. UMA DÉCADA DEPOIS, BOB MARLEY REVESTIA A CAUSA NEGRA DE UM VÉU ESPIRITUAL E UMA DISPOSIÇÃO PACIFISTA. ALÉM DISSO, NÃO FALAVA A LINGUAGEM DIRETA DA POLÍTICA, COMUM AOS PANTERAS NEGRAS, MAS A DA MÚSICA QUE IRIA PERCORRER COM FACILIDADE NÃO SÓ OS GUETOS DE KINGSTON MAS AS RUAS DE SALVADOR E SÃO LUÍS, PARA MENCIONAR APENAS O IMPACTO NACIONAL. UMA DAS MENSAGENS DE MARLEY ESTAVA HÁ MUITO TEMPO NAS TESES DO CONTROVERTIDO PROFETA JAMAICANO MARCUS GARVEY, QUE ANDOU PELOS ESTADOS UNIDOS, FOI PRESO POR LÁ E VOLTOU À JAMAICA. SEGUNDO GARVEY, NÃO HAVIA SALVAÇÃO PARA O POVO NEGRO DENTRO DOS PORTÕES DA BABILÔNIA BRANCA. ERA PRECISO VOLTAR À ÁFRICA, QUE SERIA A VERDADEIRA TERRA PROMETIDA. LÁ SURGIRIA O VERDADEIRO JEOVÁ, NO CORPO DE UM IMPERADOR NEGRO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário