..

..

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

sábado, 24 de outubro de 2015

LED ZEPPELIN _ APRESENTAÇÃO _ PARTE 1

JOHN BONHAM _ BATERIA         JOHN 'BONZO' BONHAM NASCEU PARA A BATERIA.     ELE ERA GRANDE, ALTO, ENGRAÇADO E ULTRAJANTE GAROTO QUE SENTIA O BEAT EM SEU SANGUE.     ELE SABIA E TODOS QUE ESTAVAM AO SEU REDOR SABIAM: JOHN VIVERÁ SENDO UM BATERISTA.      HAVIA UMA COISA QUE JOHN GOSTAVA TANTO _ NÃO MAIS _ QUANTO TOCAR BATERIA: BEBER.     DEBULHAR A BATERIA E ESVAZIAR AS GARRAFAS ERA SUA VIDA.     FICAR BÊBADO O TEMPO TODO FOI O QUE O MATOU.      DEPOIS DE TOCAR COM ROBERT PLANT EM UMA BANDA CHAMADA CRAWLING KINGSNAKE, TOCOU COM BANDAS COMO TERRY & THE SPIDERS, A WAY OF LIFE, THE NICKY JAMES MOVEMENT, STEVE BRET & THE MAVERICKS E DEPOIS NOVAMENTE COM PLANT NA BAND OF JOY.      DEPOIS DE THE BAND OF JOY PASSAR POR UM PERÍODO MUITO TRISTE E SEM DINHEIRO, BONHAM FOI, EM 1968, TOCAR PARA O CANTOR-ESCRITOR TIM ROSE, O QUE LHE VALEU UMA BOA REPUTAÇÃO.     JOE COCKER SEMPRE O CHAMAVA, OFERECENDO MAIS DINHEIRO PARA QUE TOCASSE COM ELE.     MAS, BONHAM SEMPRE FOI UM INTEGRANTE DE UMA EQUIPE.     DINHEIRO ERA SECUNDÁRIO; PARA ELE, A LEALDADE VINHA EM PRIMEIRO LUGAR.     MANTEVE-SE EM SUA BANDA.      NA VERDADE, FICOU NELA ATÉ PLANT CONVIDÁ-LO PARA TOCAR EM OUTRA BANDA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário