x

x

Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Artes Plásticas - A Arquitetura na China Antiga - Por Wladimir Alves de Souza - Parte 24

Essa arte não alcançou na China o nível das outras, pela circunstância de que , para o chinês, a obra do arquiteto é apenas um objeto, que serve para celebrar uma memória, um deus, ou para habitar.    Os antigos palácios eram na verdade pavilhões isolados, construídos em madeiras e tijolos, no meio de jardins maravilhosos, sem as grandes perspectivas do jardim francês de Versailles, por exemplo.    O artista visa a efeitos de intimidade e não de grandiosidade.    É justamente nos jardins, em que foram grandes mestres - a quem muito devem os japoneses - que os chineses desenvolveram uma arte requintada de recriar os aspectos da natureza.     É no jardim oriental que os paisagistas ingleses do século XV111 vão buscar sua inspiração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário