Vou por onde a arte me levar.

Minha foto

'' GOSTO DE DEGUSTAR O GOSTO COM SABOR DE VIDA; COSTURO A VIDA PELA VIDA E A VIDA ME COSTURA, COSTURO DE DENTRO PARA FORA PARA ME ENCONTRAR COM O VENTO.''  

domingo, 7 de agosto de 2016

Artes Plásticas - China - Por Wladimir Alves de Souza - Parte 21

De todas as grandes civilizações ( com exceção talvez da Índia ), a chinesa é a única que perdura.    Com efeito, os antigos egípcios desapareceram , dando lugar aos árabes e à civilização do Islã.    O mesmo aconteceu com os antigos gregos  e romanos, povos hoje substituídos por uma mistura de raças e culturas.     A China é um vasto país continental, com uma costa extensíssima dando para o mar Amarelo e o mar da China, separado da Ásia continental pelo elevado planalto do Tibete, ligado a cadeias de montanhas onde se encontram as montanhas mais elevadas do mundo.     A China é, porém, aberta ao norte para as grandes planícies da estepe asiática.     Praticamente sem nenhum contato com os países do Ocidente, apenas ligada por um longo e penoso caminho através de desertos, montanhas geladas, os oásis do Turquestão, caminho esse que se chamou a " estrada da seda ", a china era considerada pelos ocidentais como um país quase mitológico.     Só no século X1V, com a relação da viagem do veneziano Marco Polo, os europeus receberam as primeiras notícias ( consideradas fantásticas e inacreditáveis ) da civilização chinesa.    Entretanto, desde a pré-história, a China iniciava o seu longo desenvolvimento cultural contínuo, embora entrecortado por graves convulsões.    É necessário levar-se em conta não só as condições históricas, como características da cultura chinesa desde a alta antiguidade.    Para nós, ocidentais, é difícil penetrar nos segredos da arte chinesa, não só pelas dificuldades quase intransponíveis da língua e da escrita, como pela natureza da sensibilidade oriental.     Foram, entretanto, essas características de língua e escrita, que permitiram à China uma unidade cultural notável, através dos séculos, embora por vezes dividida , outras vezes unificada, necessitando fazer operações militares de defesa fronteiriça, de que é exemplo a famosa Grande Muralha.    A terra da China é extremamente fértil, cortada de norte a sul pelos vales de três grandes rios: o Huang-Ho ( Rio Amarelo ), o Lang-Tseu ( Rio Azul ) e o Si-Kiang.     Recortada de canais naturais  e artificiais, a terra é cultivada à séculos, a ponto de o homem ter-se identificado com ela.    A própria religião primitiva é fundada numa harmonia superior entre a ordem cósmica e a ordem humana.    O Céu é o supremo soberano e o símbolo do universo, bem como das forças misteriosas da Natureza.    A moral dessa religião foi formulada por um filósofo: Confúcio.    Outro notável filósofo, Lao-Tseu, que fundou o Taoísmo, buscava a identificação da alma individual com o princípio universal: o Tao.     Essas duas doutrinas do V1 século a.C, altamente intelectualizadas, distinguiam o Céu ( soberano do Alto ) e o Imperador ( soberano da Terra ).     Além disso, o budismo introduziu-se por volta do século 1 de nossa era, humanizando as doutrinas e pregando o amor e a misericórdia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querido (a) leitor, seu comentário é muito importante. Este espaço é seu. Lembre-se: Liberdade de expressão não é ofender. Vamos trocar ideias, as vezes podemos não concordar, é natural; afinal tudo depende da visão de cada um; mas respeitar é fundamental, isso é uma atitude inteligente. O que vale mesmo é a troca de informação e com educação. Por favor: Leia antes de fazer seu comentário, os comentários do blog são moderados, só publique comentários relacionados ao conteúdo do artigo, comentários anônimos não serão publicados, não coloque links de artigos de seu blog nos comentários, os comentários não refletem a opinião do autor. Espero que goste do blog, opine, comente, se expresse! Vale lembrar que a falta de educação não é aceito.